Tráfico em família

Após quatro meses de intensas investigações, a Polícia Militar de Brusque desmantelou dois dos maiores pontos de tráfico de drogas da cidade. Uma grande quantidade de maconha, cocaína e crack, além de balanças de precisão e muito dinheiro (cheques e notas) foram apreendidos em duas operações simultâneas. A ação policial foi promovida em uma oficina de motos na avenida 1º de Maio e em uma residência na rua Germano Furbringer, no bairro Souza Cruz.

 

O serviço reservado da PM vinha acompanhando de perto o movimento de usuários e traficantes nos dois locais. Foram feitas muitas horas de gravação em vídeo, o que certamente será anexado ao processo. Durante o flagrante, diversos usuários que procuravam as "bocas" foram detidos, principalmente na residência da rua ano Furbringer.

 

Alguns "clientes" não perceberam a presença da polícia e acabaram sendo detidos para identificação. Na oficina da 1º de Maio, os policiais militares recolheram 27 pedras de crack, cinco torrões de maconha, aparelhos celulares, jóias e muitas barras de chocolate que os usuários das drogas furtava no comércio da cidade e levavam nas "bocas" para trocar por drogas.

 

Na casa do bairro Souza Cruz, o flagrante encontrou 100 gramas de crack, 44 gramas de cocaína, 110 gramas de maconha, duas balanças de precisão, 24 aparelhos celulares, diversos equipamentos de som, dois mil reais em dinheiro vivo e uma grande quantidade de cheques preenchidos com diferentes valores.

 

Os responsáveis pelos pontos de tráfico são os irmãos Charles Maurici (32), proprietário da oficina de motos, e Sidnei Maurici (39), morador da rua Germano Furbringer. Os dois estão presos na Delegacia e à disposição da Polícia Civil.

Dúvidas ou Sugestões