PM decreta fim dos prostíbulos

Desde segunda-feira (23), a Polícia Militar de Brusque está fazendo uma média diária de cinco batidas em cada casa de prostituição que funciona ao longo da rodovia Gentil Archer, onde prostíbulos funcionam irregularmente. Três casas localizadas na conhecida “Grota”, onde no início da semana 18 homens foram flagrados em atitude suspeita, já foram abandonadas. A “boate” Monalisa, inclusive, está literalmente fechada.
Em todas as batidas foram promovidas revistas demoradas e detalhadas nos ambientes internos e externos e nos freqüentadores, que também são identificados. Os policiais permaneceram nos locais até que todos os “clientes” deixaram os pontos de prostituição.
A decisão da PM de Brusque é de só terminar a “Operação Presença” quando todas as casas que funcionam de forma irregular forem fechadas em definitivo. Nas casas que foram abandonadas pelos moradores também estão sendo promovidas visitas diárias.
Em uma delas foram encontrados três jovens da cidade de Canoinhas, sendo que um deles tinha apenas 15 anos de idade. O que chama a atenção dos policiais é que a maioria dos freqüentadores é composta por pessoas jovens, bem vestidas e que aparentemente abandonaram as famílias.
Todos os ambientes são absolutamente insalubres, o que impressiona os militares.

Dúvidas ou Sugestões