PC é condenado a 9 anos de prisão

Paulo César Sousa Santos, conhecido como PC, sentou no banco dos réus nesta sexta-feira (15) para ser julgado em um caso de tentativa de homicídio, ocorrido no dia 29 de setembro de 2012, quando ele tentou contra a vida de Eliane Aparecida Symchak, sua companheira na época dos fatos. O júri popular foi presidido pelo juiz da Vara Criminal, Edemar Leopoldo Schlösser, que ao final declarou PC condenado a nove anos de reclusão em regime fechado.

Quem atuou na defesa de réu foi o advogado Carlos Henrique Delandrea. O juiz negou ao sentenciado o direito de recorrer em liberdade, mantendo-o na prisão em que se encontra. O julgamento começou às 8h30min e se encerrou por volta das 16h.

LDO

Dúvidas ou Sugestões