Incêndio destrói residência

Um incêndio na tarde deste sábado (21) destruiu uma casa no bairro Aymoré em Guabiruba. O proprietário da casa, Pedro Korman (62), dormia no quarto do casal quando o fogo começou. A esposa, Ivonete Korman (60), estava na lavanderia ao lado da casa. Assustado ele tentou retirar uma pasta com documentos, o que não foi possível, pois o fogo se alastrou rapidamente na casa de madeira.
Vizinhos e familiares perceberam a fumaça e tentaram auxiliar a família que sempre residiu em Guabiruba e que construiu a residência há 11 anos.
De acordo com um dos filhos do casal, ninguém saiu ferido, porém Ivonete (60), teve que ser conduzida ao hospital devido o abalo que sofreu.
“Não deu tempo de fazer nada, em dez minutos meu pai perdeu tudo que tinha”, disse um dos filhos também muito nervoso com o ocorrido. O Corpo de Bombeiros de Guabiruba e de Brusque foi acionado, porém não teve como evitar a tragédia. 
Dúvidas ou Sugestões

Governo registra recorde na arrecadação

O governo federal arrecadou R$ 84,212 bilhões em impostos e contribuições em setembro, resultado recorde para o período. Na comparação com igual mês do ano passado, houve crescimento real (descontada a inflação pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - IPCA) de 1,71%. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (22) pela Receita Federal. No acumulado do ano até setembro, a arrecadação federal somou R$ 806,446 bilhões, alta de 0,89% na comparação com o mesmo...
Continuar lendo...

Marido teria expulsado filho que tentou defender a mãe

O Centro de Operações da Policia Militar de Brusque (Copom) foi acionado por volta de 20h4 desta quarta-feira (16) devido uma briga de casal que estava ocorrendo em uma residência no Bairro Dom Joaquim. Chegando ao local, a guarnição conversou com a vítima, que informou que seu marido a ameaçou de morte e quando o filho do casal tentou defendê-la, seu marido o expulsou de casa. O homem estava na residência e foi abordado pela...
Continuar lendo...

Morre jovem acidentada no Limoeiro

Morreu no final da tarde desta sexta-feira (31), às 17h30min, a motociclista Ariane Karine Aires da Silva, 32 anos. Ela estava internada na UTI (Unidade de Teraia Intensiva) do Hospital de Azambuja desde sábado (25), quando se envolveu em um acidente na rua Itajaí, no bairro Limoeiro. Socorrida pelo Corpo de Bombeiros até a unidade hospitalar com traumatismo crânio encefálico, Ariane não resistiu e veio a óbito seis dias após o acidente. No sábado, a vítima pilotava uma motocicleta...
Continuar lendo...