Juiz condena estelionatário

O juiz da Vara Criminal, Infância e Juventude, Edemar Leopoldo Schlosser, publicou nesta quarta-feira (18) a sentença que condenou Eder Luiz Colzani à pena de dois anos de reclusão, em regime aberto, pela prática dos crimes de estelionato e coação no curso do processo. Em fevereiro de 2007, Eder vendeu um veículo GM/Corsa de propriedade de José Fabrício da Silva, sem o consentimento do proprietário. Em março de 2008, Eder foi denunciado pelo Ministério Público pela prática do crime de estelionato. Na noite anterior à audiência para ouvir as testemunhas, Eder foi até a residência da testemunha Pierri Pavesi e, armado com uma faca, o ameaçou para que prestasse depoimento em seu favor. No dia da audiência, Pierri relatou que na noite anterior foi ameaçado, e em razão disso, o Juiz decretou a prisão preventiva de Eder.
Dúvidas ou Sugestões