Resumo dos fatos na Segurança Pública

Nota falsa - O mecânico Jair Carlos Borges de Lima (37), morador do Cedro Alto, registrou na DP que no sábado (7) foi até o caixa eletrônico do banco Bradesco e sacou 600 reais em notas de 50. Ontem, ao pagar uma prestação em uma loja de eletrodomésticos no Centro, constatou que uma das notas era falsa.
Furto - O empresário Euclides Gomes (36), morador do bairro São Luiz, registrou na DP que no domingo (8) arrombaram a porta lateral de seu estabelecimento na rua Barão do Rio Branco, no Centro, de onde furtaram uma esmerilhadeira dewalt 7 polegadas.
Furto 2 - No sábado (7), furtaram 70 reais e um bloco de passe de ônibus da empresa Santa Terezinha pertencentes a Lúcia Pereira Damasceno (42), moradora da rua David Hort, em Dom Joaquim.
Furto 3 - Valdemar Hillesheim (42), motorista de carga de Blumenau, relatou que ontem (9) estacionou o caminhão Ford Cargo, com carroceria fechada, na rua Rodrigues Alves    afim de descarregar calçados em algumas lojas. Ao retornar, notou que o cadeado estava estourado e que haviam furtado algumas caixas contendo sapatos e botas. O prejuízo foi de R$ 2.395.
Furto 4 - Roselei Hoss (26), moradora no bairro Nova Brasília, relatou que no domingo (9), entre 10 da manhã e 5 da tarde, arrombaram a sua casa e levaram um aparelho de celular e uma câmera digital.
Furto 5 - Já da residência de Dilson Luiz Fachini (58), na rua Ludovico Merico, em Dom Joaquim, furtaram três ovelhas. Há 15 dias já haviam furtado outra. Dilson é natural de Botuverá e cria animais.
Furto 6 - Valdir Baugartner (48) relatou que domingo (8), entre 17 horas e 18h30min, arrombaram sua casa no Jardim Maluche, de onde levaram duas câmeras digitais, um óculos de sol, perfumes e diversas peças de roupas, além de jóias e bijuterias.
Estelionato - Foi preso ontem, em Itajaí, o homem que praticava estelionato na região. Ele usava um nome falso com a intenção de fazer compras sem pagar. José Moacir da Silva (30) se passava por Carlos Cézar Camilo. O estelionatário veio a Brusque e comprou uma moto-serra. Ontem, ele foi desmascarado em Itajaí ao dar nome falso mais uma vez. Gilmar o reconheceu através de fotos.
Dúvidas ou Sugestões