Semana do Microempreendedor Individual

O programa Microempreendedor Individual (MEI) completou três anos em julho de 2012 e já demonstra que a iniciativa deu certo. De acordo com as projeções do Sebrae, o número de MEIs deve chegar a quatro milhões em julho de 2014 e perto de oito milhões em 2022. Os dados são tão animadores que o número de MEIs deve ultrapassar o de micro e pequenos empresários no Brasil.

O articulador regional do Sebrae, Alcides Sgrott Filho, afirma que o principal motivo para a adesão ao Microempreendedor Individual é obter uma empresa formal, nota fiscal, Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica e a obtenção de créditos. O Sebrae traçou o perfil do Microempreendedor Individual, que é formado por pessoas com idade entre 25 e 39 anos e com ensino médio completo. A maioria é da região Sudeste, trabalha em casa e não tem outra fonte de renda. As mulheres têm uma participação de 46% e o setor de serviços corresponde a 36% dos MEIs.

Sgrott Filho acrescenta que entre as vantagens da formalização é poder participar dos processos licitatórios do município, pois o próprio governo federal deseja que as prefeituras incentivem estes profissionais de suas cidades. Outra vantagem destacada pelo articulador é em relação ao Imposto de Renda. Por exemplo, neste mês de abril, os MEIs têm até o dia 20 para entregar a sua declaração e o Sebrae de Brusque desenvolve este trabalho gratuitamente. Na avaliação do articulador, a Semana do MEI foi extremamente positiva na região.

Após a formalização, o MEI conta com um apoio gratuito através do Sebrae pelo período de um ano. O articulador também reforça que neste sábado (5), dentro do Sábado Fácil, o Sebrae também estará com uma equipe na praça Barão de Schneeburg, prestando esclarecimentos às pessoas interessadas em se tornar um microempreendedor individual.

Dúvidas ou Sugestões