Prefeitura assumirá o Circulo Bom Samaritano

Devido a dificuldades financeiras e de manutenção, o Circulo Bom Samaritano, creche que atende na Rua Barão do Rio Branco, irá passar a administração para a Prefeitura de Brusque. A informação é da presidente da unidade, Ana Regina Dutra Elias. Segundo ela, ainda nada foi assinado, porém, já está quase tudo certo para que o poder público local assuma a diretoria no início do próximo ano.

Mesmo com a colaboração da comunidade, o convênio da Prefeitura, na ordem de R$15 mil ao mês, e os eventos que o Circulo realiza não é possível mais continuar, pois somente a folha de pagamento chega de R$19 mil, além dos gastos com a manutenção da escola.

“Promovemos eventos, festas, cafés todos os anos, mas são valores pequenos e, pensando no bem das crianças, resolvemos não continuar. A parte educacional também pesou na hora da decisão e a creche não tem condições de promover um curso de especialização para os professores”, explica Ana.

Ela acredita que com a secretaria municipal de Educação assumindo, as crianças terão mais oportunidades. “Da mesma forma, as professoras terão a oportunidade de se inscrever no processo seletivo. A gente teve o cuidado de as crianças ficarem bem amparadas e as professoras com condições de melhorar e poder fazer o processo seletivo público”, continua.

De um dos lados da situação estão as mães e pais. Assim, a Rádio Cidade foi conversar com a mãe de dois alunos do Circulo. A atendente Dayse Cristine da Silva diz que está sendo bem complicada e dolorida a possível mudança. “A gente não quer que isso termine, nem perder o contato de amor, de família que te tem ali dentro. Nos sete anos que eu tenho as crianças ali, o Circulo vem me amparando, tanto psicologicamente, quanto no afeto com os meus filhos”, desabafa.

Para ela, não há medo de a Prefeitura assumir o local, mas há um sentimento de perda. “Para nós está sendo muito difícil levar os filhos todos os dias de manhã e saber que aquilo ali vai acabar. Agora, no final do ano, vai ter o Natal da Unifebe e já muitas vezes eu não pude dar um presente e eles receberam da escola”, relata emocionada.

Há 56 anos, o Circulo Bom Samaritano deu início aos trabalhos com senhoras da sociedade, começando como uma simples creche, onde apenas cuidavam das crianças. Depois, foi idealizado um projeto educativo, que é usado até hoje.

A secretária de Educação, Gleusa Fischer, foi procurada pela reportagem para falar sobre os procedimentos que e Prefeitura deve tomar agora. Entretanto, segundo a secretaria de Comunicação Social, ela estava em reunião juntamente com outros secretários municipais, tratando do planejamento de governo para o ano que vem.

OUÇA A MATÉRIA

Dúvidas ou Sugestões