Pois é, estamos no século XXI. Com tantas opções de lazer e comunicação, como a internet, televisão, celular, todos os I´s proporcionados pela empresa da maçã, entre outros aparatos tecnológicos, podemos observar que os livros acabam ficando esquecidos na prateleira, empoeirados e reticentes.

Porém, não faltam esforços por parte do grupo docente da Escola de Educação Básica João XXIII, localizada na Rua Florianópolis, Bairro 1º de Maio, para que esse panorama mude. Ainda mais durante a semana da leitura, realizada de 15 a 23 de abril. Durante o período, várias atividades alusivas ao hábito de ler foram realizadas, não só no ambiente escolar, mas também nas ruas.

“A semana da leitura contou com o envolvimento de todas as turmas” ressalta Andréa Rosa, assessora do educandário, se referindo aos teatros, palestras, momentos de leitura e, até mesmo, um pedágio que foi organizado pelos alunos em frente à escola. Segundo ela, o problema do pouco contato com os livros não se resume a faixa etária dos alunos. Durante a blitz educativa, pôde se constatar que foram poucos os motoristas que disseram cultivar o hábito.

Para Andréa, as atividades feitas durante toda a semana servem como um começo para a mudança do panorama atual, onde os livros são deixados de lado. Sempre, é claro, contando com o envolvimento de todos.

Dúvidas ou Sugestões