Policial perde cargo e é condenado

O ex-policial e detetive particular José Carlos Goethen (45) foi julgado e condenado à 6 anos e 4 meses de reclusão e o comparsa dele, o então policial José Carlos Raimundo (51), foi excluído do quadro da secretaria de Segurança Pública do Estado de Santa Catarina e condenado à 6 anos e 8 meses de prisão. Em 30 de outubro do ano passado, uma denúncia de extorsão levou à prisão da dupla.

Enquanto acertavam o pagamento pelos “serviços prestados”, o empresário e Goethen foram surpreendidos com a chegada de duas pessoas. Uma delas era José Raimundo, que se identificou como sendo policial da Deic (Delegacia Estadual de Investigação Criminal) da Capital.


Alegando que o trabalho do detetive particular vinha sendo feito de forma irregular, inclusive com escuta telefônica sem autorização judicial, Raimundo deu voz de prisão aos dois afirmando que ambos seriam conduzidos à Deic.

Logo que saíram de Brusque, o empresário desconfiou de que se tratava de um golpe. Em seguida, ele pediu que parasse o veiculo em uma panificadora e rapidamente conseguiu pedir a uma balconista que ligasse para a Polícia Militar. Os dois foram presos em flagrante pela prática do golpe conhecido como "achaque".

Dúvidas ou Sugestões

Acidente de trânsito no Maluche

Por volta das 23h41min de ontem, sexta-feira (12) o Corpo de Bombeiros deslocou-se até a Avenida Dom Joaquim, proximidades da sinaleira do Colégio Dom João Becker, no bairro Maluche para atender um acidente de trânsito.  No local uma colisão envolvendo o veículo GM Meriva com placas de Brusque, e o veículo Ford Fiesta com placas de Brusque, conduzido por homem de 28 anos, que sentia dores no peito, e tinha como carona no banco dianteiro,...
Continuar lendo...

Caminhão e moto são furtados

Osnir Batchauer r,egistrou o furto do caminhão Ford Cargo 712 de cor vermelha, ano 2007, placas MES 1498 ,de Brusque. Segundo Osnir, o veículo estava estacionado no pátio da casa de um conhecido e, nesta segunda-feira (14) pela manhã, é que tomou conhecimento do furto. As informações prestadas na delegacia de Polícia Civil dão conta de que, por volta das 10h de domingo (13), dois homens que estavam em um VW Parati, de modelo antigo, cor fosca, falaram que haviam ido buscar o...
Continuar lendo...

Índice do aluguel sobe para 5,66%

O Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) encerrou janeiro com alta acumulada de 5,66%, ante uma variação em dezembro de 5,51%, puxada, principalmente, por um avanço dos preços no setor da construção civil. No entanto, entre dezembro e janeiro, houve leve recuo no ritmo de correções com o IGP-M passando de 0,60% para 0,48%. O levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da fundação Getulio Vargas (FGV) é calculado mensalmente pela FGV e é divulgado no final...
Continuar lendo...