Motoqueiro bêbado mata pedestre

Mais uma morte causada pela bestialidade no trânsito de Brusque. Ontem (1º), pouco antes das dez horas da noite, o metalúrgico Mário Razinni (49) tentava atravessar a rua Botuverá, no bairro Dom Joaquim, próximo à residência onde morava com esposa e filhos, quando foi violentamente colhido pela Biz que era pilotada por Adriano de Souza (20).
A violência do impacto resultou em um profundo traumatismo craniano em Mário, além de diversas fraturas pelo corpo. Levado ás pressas pelos socorristas do Corpo de Bombeiros à emergência do Hospital de Azambuja, pouco depois das 23 horas ele não resistiu aos ferimentos e faleceu.
Submetido ao teste de alcoolemia por policiais militares que também atenderam à ocorrência, Adriano de Souza apresentou 0,93 miligramas de álcool por litro de sangue. Ou seja, estava bêbado.

Dúvidas ou Sugestões