Comandante dos Bombeiros esclarece críticas

O comandante do Corpo de Bombeiros de Brusque, tenente Hugo Manfrin, manifestou-se através do site da Rádio Cidade para justificar a falta de viatura na manhã de segunda-feira (8) para atender uma ocorrência na Escola João XXIII, ocasião em que uma aluna passou mal e precisava ser socorrida.

Manfrin esclareceu que o Corpo de Bombeiros possui na região três ambulâncias para atendimento à população, disponibilizadas uma no Centro, outra no Águas Claras e a terceira em Guabiruba. “Infelizmente, na manhã as três estavam baixadas. A de Guabiruba já estava há duas semanas na oficina, a de Águas Claras apresentou um grande vazamento de óleo e foi para a oficina na manhã de segunda-feira e a única que estava ativa (do quartel do Centro) começou a apagar o motor em movimento e necessitou ser baixada”, relatou o oficial.

O comandante ainda ressaltou que “nós primamos sempre por atender a todas as demandas da população, mas nessa manhã de segunda-feira tivemos essa triste coincidência de estar com todas as viaturas baixadas ao mesmo tempo, situação que se normalizou no período da tarde”. Manfrin solicitou que a população afetada (em particular a família da jovem estudante) entenda que essa situação ocorreu por motivos alheios à vontade da corporação.

Ao finalizar, o tenente Manfrin fez um apelo para que as pessoas utilizem o telefone de emergência (193) de forma sensata, sendo que alguém que realmente está necessitando do serviço pode estar tendo que aguardar devido as pessoas estarem ocupando o telefone para os ofenderem, “sempre indagando o porquê de não termos deslocado para atender a aluna na escola, e após isto proferindo diversos xingamentos”, lamentou.

Dúvidas ou Sugestões