Faleceu Agostinho Boing

O esporte brusquense, principalmente o bolão, está de luto. Faleceu neste domingo (12), aos 57 anos, Agostinho Boing, um dos principais nomes da modalidade em Santa Catarina. Seu corpo está sendo velado na Capela Mortuária do Centro e ele será sepultado em horário e local a ser confirmado pela família.

Grande entusiasta do bolão 16, Agostinho disputou 30 edições dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), ganhando seis medalhas de ouro, seis de prata e outras quatro de bronze somente no bolão 16. Antes do bolão, Agostinho conquistou dois ouros e uma prata no arremesso de peso entre os JASC de 1972 e 1975.

Agostinho Boing também passou pelo futebol, ao representar as cores do Clube Esportivo Paysandú entre os anos de 1976 e 1984, trocando os gramados pelo bolão no ano seguinte. Defendendo a seleção catarinense de bolão, ele foi campeão brasileiro individual por oito anos seguidos, entre 1993 e 2000.

Em 1996, foi o treinador da seleção brasileira feminina da modalidade na conquista do vice-campeonato mundial. Em entrevista à Rádio Cidade durante o Jasc de Caçador, em 2012, Boing falou sobre sua paixão pelo esporte: “Jogar bolão 16 representa me sentir em casa, estar entre amigos. É um esporte para tirar o estresse do dia a dia”.

Dúvidas ou Sugestões