Resumo dos fatos na Segurança Pública

Número Um - Os furtos não param em Brusque. Às 10h30min de ontem (8), Darli Valmir Schaefer (47) natural de Santa Rosa (RS), estacionou o Pálio frente a uma lavanderia na rua 7 de Setembro, no bairro Santa Rita. Quando voltou, percebeu que haviam levado a carteira contendo documentos pessoais e 60 reais em dinheiro. Número Dois - Ao voltar para casa na noite do dia 26 de março, Maria Érica Araújo Silveira (36) relatou na DP que constatou o furto de um celular, um relógio de pulso e dois óculos de sol. Maria não tem idéia de quem possa ter invadido sua casa. Número Três - A ousadia e o atrevimento dos ladrões estão cada dia mais perigoso. Na madrugada de terça-feira (8), bandidos arrombaram e invadiram o escritório dos advogados Rodrigo Otávio dos Santos de Oliveira e do sócio Camargo, na rua Rodrigues Alves. O miolo das portas externa e interna estavam no chão. Foram furtados dois aparelhos notebook, um pendrive, dois cheques pré-datados no valor de 12 mil reais e uma certa quantia em dinheiro. Machão - Após ficar a tarde toda bebendo no bar de Gilberto Deucher (32) na rua Alberto Klabunde, no Paquetá, às 9 e meia da noite a PM foi acionada para acalmar Celso Silveira de Souza (48). Chapado e armado com uma faca, o cara começou a ameaçar Gilberto e o cliente Ricardo Marques Duarte (25), além de quebrar alguns objetos. Os PMs conduziram Celso à Delegacia para curar a ressaca. Covardia - Às 4 e meia da manhã de ontem (8), Alessandra Ferreira dos Santos (23) pedalava sua bicicleta pela rua São Pedro em direção ao Centro, onde trabalha, quando foi atingida pelas costas por uma moto. O covarde fugiu sem prestar socorro à moça, que sofreu lesões pelo corpo e fratura no dedo do pé direito. Ela só teve tempo de perceber que a moto era branca.
Dúvidas ou Sugestões