Polícia Civil tem novo Delegado Regional

Com o pedido de afastamento do delegado Ademir Brás de Souza, a Delegacia Regional de Polícia Civil tem um novo titular. Assume interinamente nesta segunda-feira (7) o delegado Márcio Colatto, que atualmente exerce a função de diretor de Polícia do Litoral, com sede em Itajaí. Com aproximadamente 20 anos de carreira, o policial pretende dispor de pelo menos meio expediente diário para atender aos trâmites policiais da Regional.

Em entrevista exclusiva ao Páginas Amarelas do Crime na manhã desta segunda-feira, Colatto confirmou que seu objetivo é permanecer mais em Brusque e região do que propriamente na delegacia do litoral. A Delegacia Regional inclui, além de Brusque, Guabiruba e Botuverá, também as cidades de Nova Trento, Major Gercino, São João Batista, Canelinha e Tijucas.

Em relação aos delegados da Comarca de Brusque, Manoel Lipinski, Alonso Torres e Juscelino Boos, o novo delegado Regional afirma ser amigo e ter uma grande afinidade profissional com todos. “Não vejo empecilho algum. A orientação que recebemos  e de não tirar nenhum delegado de Comarca de suas funções”, disse Colatto a Júlio Mocellim.

Quanto ao tráfico de drogas, o delegado foi claro. O trabalho para prender os traficantes e de apreensão de drogas continuará intenso. Para ele, as drogas são o grande mal que atinge toda a sociedade e a porta de entrada de outros delitos, como roubos, furtos, homicídios e latrocínios, para citar apenas alguns.

A repressão às máquinas de caça-níqueis continuará. Colatto defende que toda atividade ilícita deva ser combatida e que a Polícia Civil fará esse papel “com bastante dedicação”, mantendo o mesmo posicionamento até então adotado na Comarca de Brusque e demais municípios do vale do rio Tijucas.
Dúvidas ou Sugestões