Mais de 24 horas sem energia

Moradores da rua Ângelo Vasselai, no loteamento Jardim das Colinas, bairro Planalto, inconformados com a situação que vem passando, denunciaram o fato de que, 24 horas depois do temporal que caiu na cidade nesta quarta-feira (26), muitos ainda não tiveram a energia elétrica restabelecida em suas residências.

A reclamação é quase a mesma por parte dos residentes. O fato de não conseguir manter contato com a equipe técnica das Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc). Eles afirmam não saber mais a quem recorrer. "As comidas vão estragando e ninguém faz nada a respeito. Seremos ressarcidos pelos nossos danos? O pior é que, quanto a isso, eles dizem que não podem fazer nada", ressalta um morador que prefere não se identificar.

O principal incidente que aconteceu no local foi o vôo de uma cobertura de galpão, que saiu do terreno da empresa Irmãos Fischer, parando no meio da via, danificando a rede elétrica e também alguns canos de hidroabastecimento. Felizmente, ninguém ficou ferido, porém, os prejuízos, inclusive financeiros, estão se acumulando para os moradores da localidade.

Colaboração: Alain Rezini

Dúvidas ou Sugestões

Após denúncia de maus-tratos, PM salva cães

A Polícia Militar foi acionada pela central para verificar uma denúncia de maus-tratos contra dois cachorros, na Rua Rio Amazonas, em Camboriú. Ambos foram retirados da residência em que estavam amarrados e sem alimentação. Segundo a PM, este animal estaria sofrendo maus-tratos e a dona da casa não foi localizada. No local estavam algumas pessoas que se identificaram e disseram pertencer a uma ONG de proteção aos animais e queriam...
Continuar lendo...

Pastor é preso por suspeita de planejar a morte da esposa

O pastor Valdemar Santos, da Igreja Assembleia de Deus de Pinhalzinho foi preso pela Polícia Civil na tarde de sexta-feira (13). De acordo com o delegado Ricardo Guedes da Cunha, o pastor é o principal suspeito por ter planejado a morte da mulher Luciane Santos, de 29 anos. Ela foi encontrada morta no dia 31 de dezembro de 2016. Conforme a perícia do Instituto Médico Legal (IGP), Luciane foi morta com três golpes de arma branca na região do...
Continuar lendo...

Projeto do SESC em Guabiruba ficará paralisado por ao menos dois anos

O Serviço Social do Comércio (SESC) respondeu a um requerimento enviado pela Câmara de Vereadores de Guabiruba pedindo alguma posição em torno da construção do centro multiuso do Projeto SESC Comunidade. E a resposta obtida pelo legislativo não foi das mais satisfatórias. Em ofício assinado pelo diretor do Departamento Regional do SESC, Roberto Anastácio Martins, há a justificativa de que não...
Continuar lendo...