Deprecated: strlen(): Passing null to parameter #1 ($string) of type string is deprecated in /home/radiocidade/public_html/home_1/framework/class/Noticia.class.php on line 79
Prefeitura não vai recorrer da decisão judicial

Prefeitura não vai recorrer da decisão judicial

Após a manifestação do procurador regional eleitoral, André Stefani Bertuol, pedindo a cassação do registro da candidatura do prefeito reeleito de Brusque, Paulo Eccel, devido à assinatura do decreto que afastou a exigência do Habite-se aos micro-empreendedores individuais, a justiça da comarca também se manifestou. Em resposta a uma ação popular, o juiz da vara da fazenda pública, Rafael Osório Cassiano, suspendeu o decreto 6.825/2012, assinado em maio deste ano pelo prefeito.

Segundo o magistrado, em decisão publicada na quarta-feira (24), o decreto afronta a lei complementar municipal 139/2008 e pode causar riscos à coletividade. "Aceitar a liberação de alvará de funcionamento sem a apresentação do habite-se evidentemente vai contra o interesse da coletividade, vez que põe em risco a incolumidade pública (preservação da ordem pública), restando flagrante, por conseguinte, o periculum in mora (perigo da demora)", diz parte da decisão proferida por Osório Cassiano.

O juiz ainda assinala pena diária de R$ 1mil para o descumprimento da decisão. O procurador-geral do município, Elton Riffel, afirmou que a prefeitura não irá recorrer da decisão por entender que não há a necessidade, já que poucas pessoas usufruem da lei federal do micro empreendedor individual (MEI) em Brusque. A prefeitura irá apenas solicitar um pedido de reconsideração.

Elton Riffel reafirmou que "o que motivou o Decreto de dispensa de habite-se para o MEI foi a autorização da legislação federal, que determina a desburocratização dos processos de formalização desses empreendedores. Além disso, a maioria das atividades do MEI ocorre na própria residência do empreendedor, que é apenas um ponto de contato e localização para questões fiscais.

Diferentemente de uma empresa normal, no MEI não há forte fluxo de circulação de pessoas e clientes. Portanto, vamos ponderar para o juiz que não há prejuízo à incolumidade pública, caso o Decreto seja mantido, uma vez que as normas de segurança já são garantidas pelas ARTs emitidas pelos engenheiros civis e também pelos laudos emitidos pelo Corpo de Bombeiros", diz Riffel.

Ouça a explicação em áudio do procurador-geral da prefeitura de Brusque.

Áudio Elton Riffel by Rádio Cidade AM

Dúvidas ou Sugestões

Motociclista fica ferido ao bater contra Palio

Por volta das 08h46 desta segunda-feira (17), uma equipe do Corpo de Bombeiros foi deslocada até a Rodovia Antônio Heil para atendimento de uma colisão carro e moto. Além da moto, o acidente envolveu um Fiat Palio Weekend, cor prata, placas de Brusque. De acordo com os bombeiros, no local estava um homem de 21 anos de idade, condutor da motocicleta Honda Falcon, de cor vermelha, placa de São João Batista. Ele apresentava ferimentos leves e...
Continuar lendo...

Fase municipal do Moleque Bom de Bola inicia nesta terça-feira (23)

Começa nesta terça-feira (23) a fase municipal do Moleque Bom de Bola. A competição será disputada até sexta-feira (26) e reúne cerca de 450 alunos de 11 a 14 anos. O Moleque Bom de Bola tem como objetivo oportunizar a prática da atividade física através do futebol e ainda classifica a equipe campeã para a fase microrregional. Participam desta edição 16 equipes do naipe masculino e outras 7 no...
Continuar lendo...

Acidente na Gentil Battisti Archer deixa três mulheres feridas

O Corpo de Bombeiros e Brusque foi acionado perto das 10h desta quarta-feira (25) para atender a um acidente envolvendo dois veículos e que deixou duas vítimas na rodovia Gentil Battisti Archer. A princípio, segundo os socorristas, três mulheres foram encaminhadas ao Hospital Azambuja. A colisão que ocorreu nas proximidades da Unidade Prisional Avançada envolveu um caminhão Iveco com placas de Brusque e um VW Gol com placas de Ilhota. O choque...
Continuar lendo...