Morre a apresentadora Hebe Camargo

Morreu no início da manhã deste sábado (29), aos 83 anos, a apresentadora de televisão Hebe Camargo. Ela estava em sua casa, em São Paulo (SP), quando sofreu uma parada cardíaca. Desde 2010, Hebe lutava contra um câncer no aparelho digestivo e em 27 de agosto tinha voltado para casa de um tratamento nutricional e metabólico de 13 dias.

A apresentadora nasceu em 8 de março de 1929, em Taubaté (SP), porém, sua carreira artística começou fora da televisão. Na década de 40, ela participava do quarteto Dó-Ré-Mi-Fá, com a irmã Estela e as primas Helena e Maria. Na década de 50, foi convidada por Assis Chateaubriand para participar da primeira transmissão de televisão do país, porém, não apareceu para o evento.

Em 1955, ela mudou o visual para o loiro, marca registrada da apresentadora e passou a apresentar o primeiro programa específico para o público feminino "O mundo é das mulheres", no canal 5, antecessor da Rede Globo. O formato era o mesmo do programa que a deixou famosa, com entrevistas e visitas de convidados famosos.

Já na vida pessoal, Hebe casou-se duas vezes. Na primeira, com o empresário Décio Capuano, com quem teve Marcello Camargo, único filho dela. A relação terminou em 1971, e dois anos depois, ela conheceu Lélio Ravagnini, com quem ficou até a morte dele, no ano 2000. Porém, a maior época de sucesso da apresentadora começou em 1986, com sua estreia no SBT. 

Em 1993, Hebe chegou a apresentar um segundo programa na emissora, o "Hebe Por Elas", uma atração de entrevistas somente com mulheres. Ela ficou no SBT até 2011, quando trocou o canal pela RedeTV!, com o mesmo formato de outros programas, de onde saiu este ano. Durante a semana, Hebe havia acertado seu retorno ao SBT.

Dúvidas ou Sugestões