Veículo encontrado pela polícia pode ter sido usado no assalto à ZM

As diligências das polícias Civil e Militar de Brusque após o assalto ocorrido na manhã desta sexta-feira (14) na empresa ZM S/A, levaram à localização de mais um veículo que pode ter sido usado pelos bandidos. No início da noite, um Vectra com placas frias foi localizado nos fundos da igreja católica do bairro Limoeiro. No interior do veículo, um rádio transmissor e um boné com as iniciais ‘PF’, além de panfletos com propaganda de casas noturnas e fotos de uma família.

A numeração do chassi do Vectra, com placas COL-0202, de Gravataí (RS), consta no sistema de informações da polícia de Santa Catarina como tendo sido furtado ou roubado em Porto Alegre, sem data especificada, porém também pertencente a um veículo do mesmo modelo. A placa original é NEM-9940.

A Polícia Civil trabalha com a hipótese de o bando ter agido com dez elementos, sendo que três deles teriam desempenhado a função de motoristas. O ‘modus operanti’ da ação leva os meios policiais a trabalharem com a suspeita de o assalto ter sido organizado pelo marginal conhecido como Papagaio, foragido do sistema penitenciário da Grande Porto Alegre.

A família de Papagaio reside em Balneário Camboriú, onde a esposa é proprietária de uma rede de postos de combustíveis.

Dúvidas ou Sugestões