Retroescavadeira foi comprada com cheque clonado

Policiais militares de Itajaí e de Brusque detiveram na manhã de quarta-feira (12) dois homens acusados pela compra de uma máquina retroescavadeira com cheque clonado. Em Brusque, a detenção de Valmir Sombiske, o Cabide, foi feita depois que a PM de Itajaí encontrou duas retro guardadas em um sítio no bairro no Brilhante II. Uma delas, foi comprada com cheque administrativo da CEF que havia sido clonado. O equipamento foi adquirido do empresário Volvei José Vicente, em Içara, no Sul do estado. No sítio da família Nicoletti foi dada voz de prisão a Rogério Nicoletti, sobrinho de Vilmar Nicoletti, que mais tarde o delegado Antonio Carlos Gomes, da 1ª DP de Itajaí, apurou estar apenas visitando a família.
No mesmo sítio a polícia encontrou outra máquina. Esta, com registro de furto em Terra de Areias (RS). Segundo o delegado Antonio Gomes, que instruiu o inquérito, provavelmente as máquinas seriam desmanchadas.
O policial diz ter indiciado Vilmar Nicoletti por receptação, enquanto Cabide foi recolhido ao presídio de Itajaí por furto e estelionato.  
Dúvidas ou Sugestões