Agricultura em Brusque está falida

Quase todas as famílias que vivem na zona rural do município de Brusque não estão conseguindo sobreviver da agricultura. No Cedro Grande, onde segundo o vereador Nildo Raiser em anos passados viviam cerca de 20 famílias de pequenos produtores rurais na localidade de Taquaruçu, não há mais pessoas trabalhando no campo. “Nunca ninguém deu apoio aos agricultores”, atesta o legislador, cuja família é de descendentes de colonos agricultores. Raiser lembra saudoso que a produção de fumo, aipim, milho e feijão era o sustento dessas famílias. Hoje, praticamente todos venderam ou abandonaram suas terras e foram buscar colocação no mercado de trabalho junto a empresas da região. Em outras áreas do município o arrendamento de terras para o plantio de arroz tem sido o melhor negócio. A produção artesanal de hortifrutigranjeiros praticamente se extinguiu. Raros são os que ainda conseguem algum tipo de rendimento na agricultura familiar.
Dúvidas ou Sugestões