Chico Anysio morre aos 80 anos

Após passar 112 dias internado em um hospital na cidade do Rio de Janeiro (RJ), o humorista Chico Anysio (80) morreu às 14h52 desta sexta-feira (23). O artista piorou no início desta semana e, na segunda (19), voltou a respirar com a ajuda de aparelhos em período integral. No dia seguinte, teve uma complicação renal.

Na noite de quarta (21), ele foi submetido a uma sessão de hemodiálise e apresentou instabilidade hemodinâmica --por isso, fez uso de alta dose de medicamentos para controlar a pressão arterial. Seu estado foi considerado crítico pelos médicos na manhã desta quinta.

Chico Anysio deu entrada no mesmo hospital em novembro de 2011 devido a uma infecção urinária. Após ser tratado com um ciclo de antibióticos, recebeu alta para passar o Natal com a família, mas voltou a ser internado no dia seguinte com hemorragia digestiva.

Ele chegou a respirar sem aparelhos no início de janeiro, mas voltou a piorar, teve febre e permanecia sedado. Em fevereiro, foi diagnosticado com uma infecção pulmonar, que estava sendo controlada com o uso de antibióticos.

Além da mulher Malga Di Paula, o humorista deixa oito filhos de casamentos anteriores.

Em 2009, o artista fez uma participação na novela "Caminho das Índias", como o trambiqueiro Namit, pai de Radesh (Marcius Melhem).

Em setembro de 2010, Chico voltou aos palcos ao lado de Tom Cavalcanti no espetáculo "Chico.Tom".

 

A Escolinha do Professor Raimundo foi um quadro cômico comandado por Chico Anysio e exibido em diversos programas humorísticos por mais de 38 anos, período em que reuniu muitos dos maiores nomes do gênero no Brasil.

Estreou como programa próprio na Rede Globo em agosto de 1990, sendo transmitido até maio de 1995. Voltou ao ar em 1999 como parte do programa Zorra Total, permanecendo até outubro de 2000. Retornaria ao formato original em março de 2001, quando foi exibida sua última temporada.

A partir de 4 de outubro de 2010, passou a ser reprisado pelo canal por assinatura Viva.

Francisco Anysio de Oliveira Paula Filho, conhecido como Chico Anysio, nascido em Maranguape (CE) em 12 de abril de 1931, foi um humorista, ator, dublador, escritor, compositor e pintor brasileiro, notório por seus inúmeros quadros e programas humorísticos na Rede Globo, com a qual tinha contrato até 2012.[2]

Ao dirigir e trabalhar ao lado de grandes nomes do humor brasileiro no rádio e na televisão, como Paulo Gracindo, Grande Otelo, Costinha, Walter DÁvila, Jô Soares, Renato Corte Real, Agildo Ribeiro, Ivon Curi, José Vasconcellos e muitos outros, tornou-se um dos mais famosos, criativos e respeitados humoristas da história do Brasil.

Dúvidas ou Sugestões