Sinte garante que, se houver greve, só em 16 de março

Na sexta-feira (10) e sábado (11), o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Santa Catarina (Sinte/SC) esteve reunido em Florianópolis com os professores da rede pública estadual, para discutir sobre os avanços e sobre o que ficou pendente por parte do governo do Estado neste início de 2012.

O diretor do Sinte/SC Regional, Agenor Leal, afirmou que a recomposição da tabela foi o principal tema durante os 2 dias de discussões. Conforme o sindicalista, ao final da greve do ano passado o Estado havia se comprometido em recompor a tabela, o que não aconteceu. O piso salarial estava prometido, de acordo com o governo, para janeiro em 22,20% de aumento. Porém, o que se somou na folha de pagamento dos servidores foi algo em torno de 6%.

Quanto à possibilidade de uma greve logo para este início de ano letivo, Agenor informou que se a greve ocorrer, será a partir do dia 16 de março, após assembléia estadual entre os professores. Por enquanto, o ano letivo inicia normalmente.

 

Dúvidas ou Sugestões