Vereador quer processar Orides Kormann

Vereador quer processar Orides Kormann  
A primeira sessão do Legislativo guabirubense em 2008 foi longa. Durou mais do que o previsto a reunião que ocorreu na terça-feira (12), com um grande público lotando o auditório plenário. Em destaque, a denúncia do vereador Sérgio Baumgartner (PP) contra o prefeito Orides Kormann por conta de uma prestação de contas. O ex-presidente da Câmara Municipal apresentou informações sobre o Mandato de Segurança onde solicita informações detalhadas sobre a viagem oficial de Orides a Europa, no ano passado.
De acordo com nota divulgada à imprensa e lida pelo vereador Sérgio em plenário, a viagem do prefeito custou mais de cinco mil reais. O troco, algo em torno de R$ 11 mil, não teria sido devolvido no prazo legal de seis meses. Com a denúncia de suposta irregularidade na prestação de contas, o vereador criticou ferrenhamente o prefeito por não ter dado satisfação em relação às despesas.
Com a pressão do vereador de oposição, a prefeitura devolveu diferença entre receita e despesa no dia 28 de dezembro, nove meses após a viagem. O depósito foi feito pelo prefeito na conta do executivo no Besc.
Em nota repassada para a imprensa, o vereador Baumgartner acusa o chefe do Executivo de usar o dinheiro que sobrou da viajem em beneficio próprio. A reportagem da Rádio cidade manteve contato telefônico com o prefeito Orides Kormann, que prefere se manifestar sobre o assunto quando retornar das férias.
Dúvidas ou Sugestões