Assembleia deve decidir greve na regional de Brusque

A decisão tomada pela maioria dos professores na assembleia estadual realizada em Florianópolis na última quarta-feira (6), de permanecer em greve, foi contrária da decisão tomada na assembleia regional realizada terça-feira (5) em Brusque. Após a decisão estadual, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinte) de Brusque, havia sugerido que cada escola decidisse o futuro em relação à greve. Mas as reuniões realizadas nesta quinta-feira (7) não chegaram a um resultado comum.

Por esse motivo, o Sinte resolveu realizar mais uma assembleia hoje (8), às 15 horas, no salão da Paróquia São Luiz Gonzaga, para discussão da greve. A decisão tomada na tarde desta sexta-feira vai valer para todas as unidades de ensino da regional.

Por determinação da justiça, o governo já liberou a folha de pagamento da primeira parcela do Décimo Terceiro, que deverá ser pago até o dia 14 de julho. A justiça determinou também que o governo faça uma folha suplementar, para repor os descontos ilegais, mas ainda não foi liberada.

O Governador Raimundo Colombo, se reúne hoje (8) em Lages, com os secretários regionais, gerentes de educação, diretores de escolas da rede estadual e técnicos da secretaria de Educação, para definir o calendário de reposição das aulas.

Dúvidas ou Sugestões