Adolescente morre eletrocutado

Um adolescente de 13 anos faleceu na tarde de sábado (12), vítima de choque elétrico. Matheus Saueressig Mendonça Borges estava em casa com a família, na rua Alberto Klabunde, quando foi limpar uma piscina de 10 mil litros  (modelo de plástico), que tem como acessório um motor para manter a água limpa. Quando Matheus foi desligar o motor da tomada, familiares ouviram os gritos do menino. Rapidamente o pai, que é eletricista, desligou a rede de energia da casa.

Após o incidente, Matheus disse que estava bem, levantou-se do local e andou alguns metros até a varanda, mas sofreu um ataque cardíaco. A tia, que é enfermeira e a mãe, técnica de enfermagem, conseguiram reanimar o menino. O pai colocou o adolescente na caminhonete e deslocou-se ao Hospital de Azambuja. Matheus faleceu ainda no caminho. Dois médicos ainda tentaram por 40 minutos a reanimação do jovem, mas não obtiveram sucesso.

De acordo com a tia e madrinha do menino, Marlene Saueressig, a família suspeita que na noite anterior ladrões tenham tentado roubar o motor da piscina e deixaram os fios bagunçados. Como ninguém havia percebido quando Matheus foi desligar da tomada, a fatalidade aconteceu.

Matheus estudava na Escola Isaura Govea Gevaerd e foi sepultado ontem no Cemitério Municipal Parque da Saudade.

Cobertura Phamela Hinhel e Giovani Ricardo

Dúvidas ou Sugestões