Bimestre de alta na produção industrial

As indústrias de Santa Catarina voltaram a registrar pequena alta nas vendas em fevereiro (0,4%) , na comparação com o mesmo mês do ano anterior, e fecharam o primeiro bimestre com elevação acumulada de 0,8%. É o que aponta a pesquisa Indicadores Indústrias, realizada pela Federação das Indústrias (Fiesc), em parceria com a Confederação Nacional da Indústria (CNI).

O acréscimo foi acompanhado por maior utilização da capacidade instalada, que subiu um ponto percentual e chegou a 83,9 em fevereiro, o maior índice desde dezembro de 2010. Outro indicador que apresentou incremento na comparação com 2012 (6%) foi a massa salarial, que aumentou pelo quarto mês consecutivo. Já a quantidade de horas trabalhadas apresentou queda de 2,6% em relação ao ano anterior.

Segundo a pesquisa da Fiesc, o desempenho das vendas foi influenciado principalmente pelos setores do vestuário (16,7% no bimestre), com entrega de novas coleções, e de bebidas (30,5), com muitas empresas retornando de férias coletivas.
"Houve uma recuperação no setor de vestuário tanto em Santa Catarina quanto no Brasil. Foram cerca de 5 mil pessoas admitidas no estado, o que levou aumento da produção e, consequentemente, do faturamento", explica o presidente do Sindicato das Indústrias de Fiação, Tecelagem e do Vestuário de Blumenau, Ulrich Kuhn.

Segundo ele, as previsões para o inverno de 2013 - compartilhadas tanto pela indústria quanto pelo comércio - são positivas, o que tem impulsionado a venda de produtos para a próxima estação, na comparação com 2012.

O resultado catarinense seguiu movimento nacional de crescimento moderado. Os dados brasileiros divulgados nesta semana pela CNI mostram que houve alta de 0,5% em relação a fevereiro do ano anterior e de 3,5% no acumulado de 2013 sobre 2012, influenciados principalmente pelo bom desempenho do setor automotivo.

Santa Catarina registrou especial crescimento em fevereiro em relação a janeiro, com alta de 13,2% no faturamento, acompanhado elevações em todos os indicadores. O indicador de remuneração do mês de fevereiro foi influenciado pelo pagamento de programas de participação em resultados - adotas por empresas respondentes - maior número de contratados (que afetam no valor global) e maior número de horas-extras.

A pesquisa Indicadores Industriais SC, realizada mensalmente pela Fiesc, leva em consideração dados de 180 indústrias do Estado. A partir de fevereiro, passou a utilizar a classificação das atividades pelo critério Cnae 2.0, do Ibge, em conformidade com os indicadores nacionais da CNI.

Dúvidas ou Sugestões

Lar Menino Deus conquista o selo “Doar” e lança projetos de expansão e arrecadação

A diretoria do Lar Menino Deus reuniu a imprensa na manhã desta terça-feira (17) para informar a comunidade sobre a conquista do selo “Doar” e lançou um projeto de expansão de sua área construída para abrigar a administração da entidade, consequentemente permitindo a utilização dos espaços atuais para ampliar o número de atendimento no acolhimento de pessoas especiais.  A fundadora e diretora...
Continuar lendo...

Briga dentro de veículo termina na delegacia

Durante a madrugada desta terça-feira (4), uma confusão que iniciou dentro de um veículo, na rua São Pedro, entre as cidades de Brusque e Guabiruba terminou na Delegacia de Polícia. Um homem de 33 anos foi encaminhado para a DP com suspeita de dirigir o veículo sob o efeito de droga, e foi liberado após depoimento. Segundo o registro, o homem estava dirigindo o veículo de sua mãe com outro homem na carona. Em determinado momento,...
Continuar lendo...

Traficantes são presos em flagrante pela PM de Camboriú

A Polícia Militar de Camboriú prendeu quatro pessoas neste sábado, dia 29 de dezembro, pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico, na rua Monte Acaraí, no bairro Monte Alegre.  Uma guarnição realizava rondas, quando ao se aproximar de uma casa já conhecida por ser ponto de traficância, visualizou um rapaz recebendo algo das mãos de outro homem, que já é conhecido...
Continuar lendo...