Ele estava certo!

O final do inquérito policial sobre o assassinato de Vilmar Quirino mostra que a equipe de investigadores da Polícia Civil de Brusque, que trabalhou no caso sob o comando do delegado Alonso Torres, tem maturidade suficiente para não se deixar levar pela emoção das circunstâncias. A atenção voltada exclusivamente para os detalhes técnicos da investigação, sem envolvimento com críticas ou pressões externas, fez com que em apenas 58 dias a trama fosse desvendada e o inquérito concluído.


Mesmo quando Susan assumiu a autoria do assassinato do pai, o delegado Alonso percebeu que não havia indícios convincentes para mantê-la detida. “Ela estaria presa por um crime que não cometeu. Não havia indícios”, explica o policial. A atitude ética, baseada na legalidade das ações ao longo das investigações, acabou recebendo críticas emocionadas de setores da sociedade. “Crítica é direito de todo cidadão”, reconhece Alonso Torres.

O posicionamento profissional do delegado e seus comandados, sem se deixar influenciar, mas seguindo apenas as evidências e as provas técnicas e periciais, caracterizou a rotina dos policiais. “Trabalhamos com os fatos, onde todo cuidado é primordial”, disse.

Dúvidas ou Sugestões

Chapecoense impõe primeira derrota em casa

Com atuação distinta nos dois tempos, o Brusque Futebol Clube acabou derrotado pela Chapecoense no Estádio Augusto Bauer na noite desta quarta-feira (19). Rafael Bittencourt abriu o placar para o Bruscão, enquanto Ednei e Roni viraram o placar para o time do Oeste catarinense. Antes da partida, uma forte chuva caiu no campo, o que afetou o trabalho das duas equipes. Porém, quando se esperava um jogo mais lento, a partida ficou rápida, com Brusque e Chapecoense abusando dos contra...
Continuar lendo...

Caixa renova com a Prefeitura por mais cinco anos

A Caixa Econômica Federal vai continuar sendo o banco oficial da Prefeitura de Brusque, responsável também pela administração das contas dos servidores públicos municipais pelos próximos cinco anos. O anúncio foi feito na manhã desta sexta-feira (14) pelo prefeito Paulo Eccel e pelo superintendente regional do banco, Renato Scalabrin. A contrapartida oferecida desta vez será de R$ 1.325.000,00, que será repassada...
Continuar lendo...

Casal auxilia idoso que dormia na beira do mato e não comia há quatro dias

Um casal morador de Brusque resolveu tomar uma atitude e ajudar um senhor que foi encontrado em situação de rua. Tudo começou quando Marcos Staroscky passava pela rua da Boêmia, que leva do Poço Fundo para a Limeira, e avistou um outro homem tentando ajudar, e Marcos resolveu parar e saber da história. Um senhor de 62 anos estava ali na beira da estrada, já perto do mato, todo encolhido. Apesar de tentar de várias maneiras, não...
Continuar lendo...