Deprecated: strlen(): Passing null to parameter #1 ($string) of type string is deprecated in /home/radiocidade/public_html/home_1/framework/class/Noticia.class.php on line 79
1º de Maio também marca história dos brusquenses

1º de Maio também marca história dos brusquenses

O maior e mais antigo sindicato de trabalhadores de Brusque, a Liga Operária Brusquense, foi fundado em 6 de maio de 1933. Marcando a fundação da Liga, que havia sido constituída na madrugada de 1º de maio do mesmo ano, os trabalhadores saíram em passeata pela cidade e  dirigiram-se à Igreja Matriz São Luís Gonzaga.

Lá, participaram de uma missa oficiada pelos padres Henrique Baunmeister e Germano Brand, que proferiu a homilia em português e alemão.

As comemorações do histórico 1º  de Maio, que completa 77 anos no sábado, tiveram início com a organização do baile dos trabalhadores, articulado por José Walendowsky, Rodolpho Orthamann e Manoel dos Santos.

Liderados por Elpídio Cruz, 50 trabalhadores reuniram-se em 6 de maio seguinte e fundaram o “Syndicato”, que teve reconhecimento governamental em 22 de junho, com o texto: “O ministro de Estado do Trabalho, Indústria e Comércio, em nome do chefe do governo provisório da República dos Estados Unidos do Brasil, faz saber a quantos esta carta virem que, atendendo ao que requere o Syndicato dos Operários em Fiação e Tecelagem, com sede em Brusque, Estado de Santa Catarina, resolve aprovar os respectivos estatutos e reconhecê-lo como sindicato profissional, nos termos do artigo 2º do decreto 19.770, de 19 de março de 1931. E, para firmeza de tudo, mandou passar a presente Carta que vai por ele assinada. Rio de janeiro, 22 de junho de 1933. (ass.) Joaquim Pedro Salgado Filho”.

A primeira greve de trabalhadores, após a fundação da entidade sindical, realizou-se na Fábrica de Tecidos Carlos Renaux, em maio de 1933.

A greve de maior repercussão na história brusquense teve início em dezembro de 1952, quando operários locais exigiram o cumprimento de determinação do Tribunal Regional do Trabalho, que concedia reposição salarial global em torno de 40%.

A greve teve início às 18 horas do dia 19 de dezembro e alastrou-se entre os trabalhadores de outras indústrias têxteis. Os mais de quatro mil trabalhadores participantes da greve mantiveram-se pacíficos.

Entretanto, os portões das fábricas foram ocupados por policiais armados com metralhadoras. Apesar das limitações impostas pela legislação, os trabalhadores resistiram durante 37 dias.

Autor: Paulo Vendelino Kons

Dúvidas ou Sugestões

Homem sofre fratura aberta na perna após acidente entre carro e moto

Por volta das 12h41 desta sexta-feira (08) os Bombeiros foram acionados para atender um acidente de trânsito envolvendo uma motocicleta e um automóvel. O fato aconteceu na Rua Felipe Schmidt, no centro de Brusque. O condutor da moto, 52 anos, estava deitado na via, consciente e apresentava fratura aberta na perna esquerda. Após atendimento ele foi levado ao Hospital Azambuja para cuidados médicos. O condutor do automóvel Mercedez Benz de Brusque, 42 anos,...
Continuar lendo...

Homem sofre fratura após queda de moto, em Brusque

Por volta das 4h51 desta segunda-feira (09) a guarnição se deslocou para atender uma ocorrência de queda de motociclista. O fato aconteceu na Rua Arnoldo Ristow, no bairro Zantão. O condutor da moto, Honda Sahara, 28 anos, foi encontrado consciente, com contusão e escoriações no joelho e pé esquerdo. Apresentava também uma possível fratura no punho direito. Ele foi atendido e encaminhado ao hospital para cuidados...
Continuar lendo...

Ação Cultural movimenta alunos do CEJA Brusque

Aconteceu nas noites de 28 e 29 de novembro o 1º Movimento Cultural do Centro de Educação de Jovens e Adultos (CEJA). Trata-se de uma mostra que reune trabalhos realizados por todos os segmentos de ensino durante o segundo semestre letivo. Os trabalhos foram apresentados nas mais diversas formas artístico-culturais, tais como desenhos, fotografias, exposições de trabalhos, teatro, dança, poesia, música, além de uma palestra...
Continuar lendo...