Negociação para abertura do antigo Evangélico foi de R$ 1,6 milhão

Representantes da SOS Cárdio, de Florianópolis, da Justiça do Trabalho de Brusque e da Comunidade Evangélica assinaram na manhã desta quarta-feira (6) o documento que permite a reabertura do antigo Hospital Evangélico ano que vem. A quantia de R$ 1,6 milhão foi depositada em uma conta administrada pela justiça e o valor servirá para arcar com boa parte das verbas trabalhistas de ex empregados do hospital.

O representante da SOS Cárdio, Luiz Gonzaga Coelho, que é gestor hospitalar, afirmou que a expectativa, conforme o planejamento elaborado, é de que o hospital esteja atendendo com os serviços básicos em meados de maio de 2018. Isso por conta de todo tramite e documentação necessários para permitir à reabertura. Inicialmente, a estrutura será aparelhada para atender procedimentos do setor de cardiologia e, aos poucos, abrirá para outras áreas, como pronto atendimento.

“Sem deixar de lado as necessidades do município, desde a obstetrícia, a neonatologia, pois há aqui um centro de UTI Neonatal”, frisou ele, afirmando que o planejamento de implantação é de quatro anos. Nos primeiros meses será feita a revisão de toda a estrutura tecnológica dentro da unidade.

Roberto Wilke, membro da Comunidade Evangélica, afirma que o que vai funcionar é um novo hospital. “Para a comunidade Luterana também é uma coisa boa, pois estamos conseguindo negociar com o Gonzaga para que volte a montar um novo hospital”, destaca ele.

O juiz Helio Henrique Garcia Romer, da 1ª Vara do Trabalho, foi quem intermediou todo o processo. Ele parafraseou a situação do processo para que se concretizasse a reabertura do hospital a mil acordos celebrados na esfera judicial. O valor de R$ 1,6 milhão depositado em conta da justiça vai custear em torno de 80% dos valores rescisórios trabalhistas, que são prioridade neste caso.

“Agora temos essa finalização e contei com a colaboração de todos, pois servi de pivô para essa negociação, de peito aberto de todos os envolvidos no processo. da comunidade com um todo. Nos sentimos muito gratificados de participar deste momento”, frisou ele.

O valor de R$ 1,6 milhão será depositado em parcelas, com a primeira depositada em janeiro e a última em novembro de 2018. A liberação dos créditos trabalhistas será feita conforme o valor chegar às mãos do Judiciário. O montante equivale à compra dos equipamentos que estão dentro do antigo hospital, penhorados para o pagamento das dívidas. 

"Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte."



Antes de comentar leia os


Prefeitura deve liberar ponte para veículos pesados esta semana

9 dias atrás

Ainda esta semana, a Prefeitura deve anunciar a liberação do acesso de meia pista para veículos pesados na Ponte Artur Schlosser. O cabeamento que foi colocado na parte inferior da ponte já está sendo retirado. A infprmação foi repassada pelo vereador Deivis da Silva, líder do governo na Câmara Municipal. Segudno ele, a parte de cabos próximo do terminal urbano já foi retirada. Hoje, a ponte já está sob os pilares. A expectativa da empresa que executa o serviço é de que a ponte seja totalmente liberada até o dia 25 de dezembro.

Geral

Apedeb precisa de voluntários para Troco Solidário

9 dias atrás

A Associação das Pessoas Deficientes Físicas de Brusque (Apedeb) está solicitando voluntários ou acadêmicos que necessitam de horas de trabalho para atuar no Troco Solidário da entidade. A ação acontecerá nas principais vias da cidade no dia 9 de dezembro, sábado, das 8h ás 12 horas. Os interessados devem ir ao Sesc no dia 9, às 7h45min, ou entrar em contato via whatsapp nos números 47 99930906 ou 47 999208330, com Alessandro ou Charlene.

Geral

Fórum Sindical elege novo coordenador

9 dias atrás

O Fórum de Entidades Sindicais de Trabalhadores de Brusque e região elegeu na noite desta segunda-feira, 4, a nova coordenação, que estará à frente do órgão em 2018. O sindicalista Jean Carlo Dalmolin (Sindmestre) será o novo coordenador, substituindo João Decker (Sintrafite), que comandou o Fórum nos anos de 2016 e 2017. A secretaria-geral continua com Marli Leandro (Sintrivest). Jean Dalmolin tem 37 anos e está no movimento sindical trabalhista desde 2008. Atualmente, ele é secretário-geral do Sindicato dos Mestres e Contramestres de Brusque (Sindmestre), que representa empregados têxteis nos setores de recursos humanos e escritório. Natural de Brusque, ele é formado em administração, cursa Direito e tem pós-graduação na área de administração. O novo coordenador assume o comando em janeiro, mas antecipa que seu trabalho à frente do Fórum Sindical será de buscar maior união entre os sindicatos. “Pretendendo ar continuidade ao que o João Decker vinha fazendo, que é cobrar a união do grupo. Precisamos estar unidos, pois os ataques estão vindo e a prova disso são as reformas trabalhista e previdenciária”, pontua ele. João Decker deixa o comando do Fórum destacando as dificuldades enfrentadas pelo sindicalismo justamente em relação à turbulência nacional com as mudanças na legislação trabalhista e, em breve, a da Previdência. No âmbito local, a retomada das conversas com o Poder Executivo de Brusque em relação aos problemas do setor de Saúde também foi mencionada por ele. “Foi maravilho trabalhar como coordenador. Porque o objetivo do Fórum é representar a  classe trabalhadora como um todo. E isso procuramos fazer bem. Pegamos uma época muito ruim, principalmente quando se falava em reformas”, frisou ele. O Fórum de Entidades Sindicais de Trabalhadores de Brusque e região foi criado em 2011. De lá para cá, quatro sindicalistas já estiveram no comando do órgão: José Isaias Vechi (Metalúrgicos), José Gilson Cardoso (Vestuário), Izaias Otaviano (Construção Civil) e João Decker (Têxteis). Atualmente, o órgão é composto por 11 entidades e representa mais de 40 associados e em torno de 90 mil pessoas de forma indireta (dependentes e sócios).  A próxima reunião será no mês de janeiro de 2018.

Geral
Subir