PF em SC deflagra operação Fake Phone

A Polícia Federal em Santa Catarina deflagrou nesta quarta-feira (06) a Operação Fake Phone, visando desarticular organização criminosa especializada na prática de crime de furto mediante fraude e lavagem de dinheiro. Estão sendo cumpridos no Estado de São Paulo dez mandados de busca e apreensão, cinco de prisão preventiva, um de prisão temporária e cinco de condução coercitiva.

De acordo com as investigações, a organização criminosa atuava no interior de agências bancárias, especialmente Caixa Econômica Federal, aplicando o golpe conhecido como "Posso Ajudar?".  Nesta modalidade de crime, os investigados instalavam nas agências dispositivos para travamento de cartões nos terminais de autoatendimento, assim como um aparelho telefônico de 0800 falso para obtenção de senhas bancárias.

De posse destas informações, os valores pertencentes às vítimas eram sacados ou transferidos para contas de "laranjas". Foram identificadas transações fraudulentas nos Estados de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná, com prejuízo superior a R$ 200.000,00 à instituição bancária.

"Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte."



Antes de comentar leia os


Juíza pede prisão imediata de João Rodrigues

9 dias atrás

Um pedido de prisão para que seja cumprido de forma imediata contra o deputado Federal, João Rodrigues (PSD) foi solicitado pela juíza Priscilla Mielke Piva, da Vara Federal de Chapecó. A solicitação foi encaminhada ao Supremo Tribunal Federal (STF) a pessoa do ministro Luiz Fux. A argumentação da juíza para o pedido de prisão imediata é de que entre os crimes cometidos pelo deputado Rodrigues, um destes prescreve em 12 de fevereiro. João Rodrigues teve a condenação por crimes previstos na lei de licitações confirmadas em segunda instância e pelo STF. Para a juíza, conforme entendimento do próprio Supremo, o início do cumprimento da pena nessa fase processual não implica em ofensa ao princípio da presunção de inocência. A assessoria do deputado João Rodrigues informou que o parlamentar está ciente do ofício solicitado, e reiterou que ele próprio é o maior interessado em que o recurso seja julgado o mais rapidamente possível, já que comprovou nos autos a inexistência de qualquer prejuízo aos cofres públicos.  

Seguranca

PM de Tijucas recupera carga furtada

9 dias atrás

A PM de Tijucas, cidade integrante da ADR/Brusque, após realizarem visitas em várias empresas na região conseguiram recuperar uma carga furtada de material para fabricação de plásticos, avaliadas em cerca de R$ 200 mil. A localização do caminhão em Tijucas foi possível após o proprietário do veículo registrar o furto do mesmo em Itajaí. Como o caminhão possuía o sinal de GPS este apontava para o local, um pátio utilizado para reciclagem, localizado no bairro Praça, em Tijucas. Ainda conforme a PM os ladrões teriam trocado o cavalinho e utilizaram o outro para empreender fuga com outro tipo de carga furtada, dessa vez, telas. Em ato contínuo, o veículo foi localizado no posto Angeloni, às margens da BR-101, em Porto Belo. Outro furgão estava no local, ambos com suspeitas de adulteração. Foram recuperados 02 cavalinhos “Scania” e dois furgões. Os suspeitos não foram localizados. Fotos VIP Social

Seguranca

Nem a árvore de Natal escapou da bandidagem

9 dias atrás

Um morador do Bairro Thomaz Coelho, em Brusque, relatou na Polícia Civil que teve sua casa arrombada. O fato aconteceu na tarde de domingo (3). Ele saiu por volta de 9h30 da manhã e quando retornou, às 13h30, encontrou a porta dos fundos aberta. Segundo a vítima, a porta havia sido arrombada e do local levaram forno micro-ondas, um celular, bebedouro de água, dois televisores de 32 polegadas, um notebook, um cofre com R$ 200, um ventilador, um pneu, potes, uma árvore de Natal, além de vários produtos e equipamentos para corte e tratamento de cabelos.

Seguranca
Subir