Condenado por homicídio é preso em Tijucas

Um homem condenado a 11 anos de prisão e foragido da justiça do Paraná foi preso durante a tarde de segunda-feira (13), no Centro de Tijucas. Uma denúncia anônima dando conta do paradeiro do homem foi feita para a Polícia Militar, que confirmou as informações e partiu em busca do suspeito.

A agência de inteligência do 12º Batalhão encontrou o homem de 31 anos, e confirmou o mandado de prisão em aberto. A condenação de 11 anos é pelo crime de homicídio, porém, a data do crime e a cidade do Paraná em que o fato aconteceu não foram revelados, bem como a identificação do preso.

"Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte."



Antes de comentar leia os


Incêndio em residência pode ter sido criminoso, segundo proprietário

10 dias atrás

Na segunda-feira (13) por volta das 20h03min o Corpo de Bombeiros atendeu chamado para combater incêndio em residência na rua José Florentino Furtado, no bairro Poço Fundo. Quando as viaturas chegaram ao local as chamas já alcançavam uma área de aproximadamente 36m² e parte do banheiro externo, além de 200m² na área adjacente da mata. Segundo o proprietário da residência, o incêndio foi criminoso, e que familiares presenciaram a chegada dos criminosos em uma motocicleta. Foram utilizados 6000 litros d`água. Após a total extinção do fogo e rescaldo, foram repassadas as devidas orientações ao proprietário.

Seguranca

Ladrões de cemitério voltam a dar prejuízo

10 dias atrás

Mais uma família teve furtados objetos que estavam no túmulo de um ente sepultado no Cemitério Municipal Parque da Saudade, de Brusque. O caso teria ocorrido há cerca de três semanas. Segundo o relato feito na Polícia Civil, foram levadas sete placas de identificação no espaço pertencente à família. Elas era de cobre e inox. O relato dá conta de que isso teria ocorrido com outros túmulos. Furto de relógio Morador do Bairro Limoeiro, em Brusque, teve uma desagradável surpresa quando foi tomar banho na noite de sexta-feira (10). Ele descobriu que o relógio de água da residência havia sido furtado. Ele acredita que o crime tenha sido cometido ao longo da noite anterior, mas somente se deu conta quando foi se banhar.

Seguranca

Três dias depois, ainda tinha excesso de álcool no sangue

10 dias atrás

Imagina você beber e, mais de dois dias depois, ainda estar embriagado. Pois foi o que parece ter acontecido com um homem de 39 anos de idade, detido pela Polícia Militar em plena manhã de segunda-feira (13) na cidade de Brusque. Ele pilotava uma motocicleta e estava embriagado. O homem foi pego em frente ao 18º Batalhão da PM, na Rua Dorval Luz, no Bairro Santa Terezinha. O caso foi registrado por volta de 9h30 da manhã. Os PMs saiam do batalhão para atender a um chamado em que uma moto estava trafegando sem a placa, perdida metros antes. Foi quando se depararam justamente com o motociclista. Ele estava com sinais de embriaguez e disse que havia bebido na última sexta-feira (10). Só que o teste do bafômetro apontou a presença de 1,18 miligramas de álcool por litro de sangue. Não deu outra: moto apreendida e condutor levado para a Delegacia de Polícia Civil.

Seguranca
Subir