Cerimônia marca o encerramento oficial dos Jogos Abertos Comunitários de Brusque

A principal competição do esporte brusquense foi encerrada oficialmente nesta sexta-feira (11) no Pavilhão da Fenarreco. A cerimônia de encerramento dos Jogos Abertos Comunitários de Brusque reuniu cerca de 600 pessoas, o maior número dos últimos anos, e foi marcada por uma grande festa das comunidades que receberam os troféus de campeão e vice conquistados durantes os quase 50 dias de disputa.

Ao fim, o São Pedro levantou o troféu de heptacampeão geral, enquanto que o Águas Claras comemorou a segunda colocação e o Steffen o terceiro lugar (ver classificação geral abaixo).

A noite também foi de homenagem aos líderes comunitários. O vice-prefeito Ari Vequi foi o responsável por chamar um a um ao palco para que estes recebessem uma medalha de honra ao mérito, em reconhecimento a todo serviço prestado a suas comunidades. 

Vequi ainda ressaltou que a ideia é que os Jogos Comunitários comecem ainda mais cedo no ano que vem e comentou sobre o fortalecimento da competição. “É intenção minha e do Dr. Jonas valorizar cada vez mais os jogos, para que ele continue sempre crescendo e envolvendo as pessoas da nossa cidade”. 

Já Paegle ressaltou a interação entre os 30 bairros que participaram e disse que a disputa simboliza o espírito brusquense de “garra, determinação e competitividade”.
Junto com o superintendente da Fundação Municipal de Esportes, Ademir Luiz de Souza, o Toto, ele agradeceu a participação de todas as comunidades para que a competição fosse um sucesso.

O líder comunitário do Steffen, terceiro colocado, Antonio Azevedo, elogiou a organização, enquanto que o responsável pela comunidade campeã, Roberto Bondemuller, mais uma vez destacou o comprometimento de todos os moradores do bairro para que o São Pedro levantasse o troféu pela sétima vez consecutiva. “Sempre é uma alegria enorme. O que me deixa mais contente é a participação e mobilização das pessoas. Há um esforço muito grande de toda a comunidade e só tenho que parabenizar todas as pessoas do São Pedro para que pudéssemos, outra vez, comemorar essa conquista”, finalizou.


CLASSIFICAÇÃO FINAL - JOGOS COMUNITÁRIOS - TROFÉU HAVAN

1º São Pedro 155
2° Águas Claras 117
3° Steffen 93
4º Maluche 86
5º São Luiz 65
6º Limeira 60
7º Dom Joaquim 57
8º Souza Cruz 56
9º Rio Branco 50
10º Santa Rita 38
11º Guarani 33
12º Centro 32
13º Rua Nova Trento 30
14º 1º de Maio 23
15º Thomaz Coelho 21
16º Azambuja 21
17º Zantão 20
18º Santa Terezinha 17
19º Volta Grande 16
20º São João 14
21º Planalto 14
22º Bateas 12
23º Paquetá 11
24º Poço Fundo 9
25º Barra de Águas Claras 6
26º Nova Brasilia 5
27º Cedrinho 2
28º Ponta Russa 0
29º Rainha 0
30º Santa Luzia 0
 

"Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte."



Antes de comentar leia os


Final de semana de tempo instável

71 dias atrás

O final de semana deve ser de tempo instável em Brusque e região. Segundo os meteorologistas da Epagri/Ciram, céu nublado, com sol em poucos momentos, e pancadas isoladas de chuva vão predominar. Pode chover nos três períodos deste sábado (12). A temperatura mínima será de 12 e a máxima de 32 graus. Previsão que se estende, também, para o domingo. Nas demais regiões de Santa Catarina, sol entre nuvens. No litoral, condição de chuva fraca pela manhã e vento ao longo do dia. Há risco de temporais  à noite. A previsão é de um domingo com risco de temporais. Com descarga elétrica, ventania e granizo. O clima será de instabilidade, com chuva moderada a forte no período da tarde de sábado.

Geral

Prefeitura divulga quais serão as bandas que animarão a 32ª Fenarreco

71 dias atrás

Chope gelado, comida típica e muita música boa é o que vem por aí na 32ª Fenarreco. Mais de 35 bandas já estão confirmadas para os dez dias da Festa Mais Gostosa do Brasil, que nessa edição promete trazer além dos tradicionais grupos alemães, bandas como a Cavalinho, Vox 3 e a Orquestra Os Montanari, que farão o público dançar com os sucessos Jetzt Geht's Los, Marreca e Zic Zac. O turismólogo da Prefeitura, Ademir Morares, destaca que neste ano a grande novidade do evento será a apresentação da banda brusquense Hipnose. “Eles estão preparando um repertório exclusivo para a Fenarreco, sem perder o espírito da festa. É uma forma de apresentarmos os artistas da nossa região, sem esquecermos das origens alemãs”. Confira as atrações: Banda Bavária Banda Cavalinho Banda Champagne Banda Cruzeiro Banda D'Fiebes Banda do Barril Banda Estrela de Ouro Banda K'necus Banda Melodia Show Banda Milênio Banda Show 0800 Banda Só Virtude Banda Verde Vale Banda Vox 3 Banda XV Show Banda Zurich Brusband Cleide e Jonas Die Jungs Die Lustigen Musikenten Die Pommernläender Die Tal Buben Free Chopp Grupo Amigos do Canto Alemão Grupo Edelweiss Hausmusikanten Irmãos Radoll Lino e Orquestra Lista de bandas Musical Ein Prosit Musical JS Nachtmusikanten Orquestra Os Montanari Sandro e Wilson Society Band Show Tropical Band Wanderli e Magali

Geral

CDL organiza reunião entre entidades para apresentar ações do Observatório Social

72 dias atrás

Conhecer mais o trabalho que é desenvolvido pelo Observatório Social a estreitar os laços entre a entidade e as lideranças públicas e empresariais de Brusque. Este foi o objetivo do encontro promovido na tarde de quarta-feira, 9 de agosto, na sede da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Brusque – CDL Brusque. O evento reuniu o presidente da CDL Brusque, Michel Belli e os diretores da entidade, Antônio Roberto Pacheco Francisco e Gilson Lang, o presidente da Associação das Micro e Pequenas Empresas de Brusque e Região (AmpeBr), Ademir José Jorge, o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Brusque, Botuverá e Guabiruba (Sindilojas), Marcelo Gevaerd, o presidente da Associação Brusquense de Medicina (ABM), Denis Deucher Tomio, o presidente do Sindicato da Indústria da Construção e do Mobiliário de Brusque (Sinduscon), Fernando José de Oliveira, a presidente do Sindicato das Indústrias do Vestuário de Brusque, Botuverá, Guabiruba e Nova Trento (Sindivest), Rita Cássia Conti, o diretor Executivo da Associação Empresarial de Brusque (ACIBr), Cândido Horácio Godoy, os vereadores Marcos Deichmann e Sebastião Alexandre Isfer de Lima, além do membro da comunidade, César Gevaerd. O Observatório Social de Brusque (OSBr) esteve representado pelo seu diretor Executivo, Evandro Gevaerd, pelo consultor Claudemir Marcolla e pelo advogado voluntário da entidade, Fabrício Gevaerd. “O objetivo é aproximar cada vez mais as lideranças políticas e entidades de classe de Brusque para uma prestação de contas por parte do Observatório Social. Eles nos mostraram um pouco do trabalho que é realizado, com ênfase na fiscalização de orçamentos e ações do poder público”, destaca o presidente da CDL Brusque, Michel Belli. O trabalho com educação nas escolas também despertou o interesse dos presentes. “Eles falam de corrupção para as crianças de maneira lúdica, através de jogos e brincadeiras. Assim, os alunos compreendem mais facilmente o que é um ato de corrupção e já crescem com uma noção de civismo, consciente de seus direitos e deveres. Mais do que isso, elas também levam a informação para casa e conversam com seus pais sobre o tema”, completa Belli. Como o Observatório Social de Brusque é uma entidade sem fins lucrativos, a reunião também serviu para apresentar uma prestação de contas, com foco na busca de novas entidades e empresas mantenedoras. “A reunião foi importante porque despertou ainda mais na cabeça destas lideranças a importância de ajudar a manter este projeto, que depende cada vez mais da união da classe empresarial e política da cidade”, pontua. O diretor Executivo do OSBr, Evandro Gevaerd ficou satisfeito com o encontro. Na oportunidade ele apresentou a situação do município em números, a evolução das receitas e despesas e o gasto de contratação profissional que já está próximo do limite da Lei de Responsabilidade Fiscal. Ele também falou sobre as receitas e despesas fixas do Observatório Social. “Em setembro nós vamos lançar uma campanha para que outras entidades e empresas se tornem mantenedoras. Algumas, inclusive, nós já fizemos contatos e aceitaram participar do programa. A partir daí esperamos que ocorra um incremento importante na receita da entidade para contratar profissionais de áreas específicas, com o intuito de dar mais qualidade ao serviço que se pretende prestar”, enfatiza Evandro Gevaerd. Avaliação O presidente da Associação das Micro e Pequenas Empresas de Brusque e Região (AmpeBr), Ademir José Jorge, enalteceu a importância do encontro e ficou feliz em acompanhar o trabalho que o OSBr desenvolve. “A Ampe Brusque estava presente com as demais entidades porque é assim que se trabalha, todos unidos por uma cidade melhor”, descreve. Já a presidente do Sindicato das Indústrias do Vestuário de Brusque, Botuverá, Guabiruba e Nova Trento (Sindivest), Rita Cássia Conti, afirmou que já conhecia o trabalho desenvolvido pelo OSBr, mas que foi produtiva a reunião para aproximar ainda mais a entidade das lideranças públicas e empresarias de Brusque. “Mostra a importância deste órgão fiscalizador e a união de todos faz a diferença, principalmente para manter este trabalho de verificação das contas públicas. Gostaria também de elogiar a credibilidade e transparência com a qual o Observatório Social divulga esses dados”, salienta. Para o presidente do Sindicato da Indústria da Construção e do Mobiliário de Brusque (Sinduscon), Fernando José de Oliveira, o maior volume de licitações envolve obras públicas e, por essa razão, é importante o acompanhamento das licitações. “O Observatório Social veio nos falar sobre o que está fazendo, sobretudo junto ao departamento de Compras, já que o processo licitatório é um dos gargalos que existe dentro da administração pública. O OSBr está por dentro de todos esses gastos, custos e compras na Prefeitura, Samae e na Câmara de Vereadores. E isso é importante para toda a sociedade”, ressalta. 

Geral
Subir