Brusque perde para o São José e está fora da Série D

O gol marcado pelo São José no jogo de ida contra o Brusque na última semana fez toda a diferença no jogo disputado neste sábado (15) em Porto Alegre (RS). Com o placar de 1 a 0, o time gaúcho garantiu a vaga na próxima fase, enquanto restaram lamentações pelos lados do Brusque.

Apesar da eliminação, o Brusque conseguiu criar chances e até mesmo controlar o jogo na primeira etapa. Com tranquilidade, a equipe do técnico Jersinho mantinha a posse de bola, mas não conseguia finalizar. O São José chegava pouco, mas chegava com perigo, obrigando Dida a trabalhar.

Porém, aos 32 minutos, em um cruzamento pela direita na primeira trave, Flávio se esticou e tocou de cabeça no canto esquerdo do goleiro Dida para abrir o marcador. Já na reta final da primeira etapa, o Brusque teve uma boa chance num chute de longa distância de Valkenedy, que obrigou Fábio a fazer bela defesa.

O intervalo acabou mudando o panorama do jogo para pior nos lados do Brusque. A equipe não conseguia finalizar, e a melhor chance do empate veio em um desvio contra do zagueiro do São José. Contabilizando as saídas de Ronaell e Carlos Magno por lesão, o Brusque se viu tentando de qualquer maneira o gol de empate.

E a situação não foi revertida dentro de campo. Com o placar de 1 a 0, o São José passou no confronto pelo gol marcado fora de casa na derrota por 2 a 1, no Estádio Augusto Bauer. O Brusque agora aguarda uma posição sobre a realização da Copa Santa Catarina, caso contrário, volta a atuar apenas no Catarinense 2018.

"Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte."



Antes de comentar leia os


Jersinho pede para time não pensar na vantagem conquistada

13 dias atrás

Antes da viagem para Porto Alegre (RS), onde o Brusque enfrenta no sábado (15) o São José, o técnico Jersinho falou sobre a partida que define a vaga nas oitavas de final da Série D do Brasileiro. E de acordo com ele, o time não pode se prender e pensar muito na vantagem construída no primeiro jogo. Mesmo com a diminuição da vantagem de perder por um gol a empatar para conseguir a vaga na próxima fase, o treinador fez questão de valorizar com os atletas a possibilidade conquistada. O time não teve essa vantagem na mesma fase em 2016, quando acabou eliminado pelo São Bento-SP. Porém, a vantagem serve para a contabilidade dos confrontos, e não como uma zona de conforto para a equipe: “Não podemos pensar muito na vantagem, e não podemos deixar de jogar. O resultado vamos pensar em botar debaixo do braço e segurar só na reta final da partida”. Com os desfalques garantidos de Eurico e João Carlos, além da chance real de não contar com Max para o jogo da volta, Jersinho não quer trabalhar com improvisações ou mudança de esquema tático. Isso envolve situações pontuais de características de marcação e avanço para o ataque, o que pode atrapalhar o time. Segundo o treinador, a hora é de achar as peças corretas e colocar em campo a melhor escalação possível. Falando em campo, Jersinho também não quer colocar o gramado sintético como desculpa. A equipe trabalhou nesta quarta (12), na quinta (13), treinará na sexta (14) no gramado sintético do CT do Internacional, e terá o aquecimento da partida para se adaptar ao piso. Para classificar às oitavas de final da Série D, o Brusque precisa de um empate no Estádio Passo D’areia. Um placar de 2 a 1 para o time gaúcho leva a decisão para os pênaltis, enquanto que um placar de 1 a 0 para o São José dá a vaga ao time gaúcho. Derrota por um gol servirá caso o Brusque marque dois ou mais gols, garantindo a vaga pelo gol marcado fora de casa.

Esporte

Conhecidos os campeões do truco masculino e feminino dos Jogos Comunitários

14 dias atrás

A disputa do truco masculino e feminino dos Jogos Abertos Comunitários de Brusque/Troféu Havan encerrou após três dias de competição. Ao fim da modalidade, as comunidades do Dom Joaquim e São Pedro levantaram o caneco na noite de quarta-feira (12). A primeira comunidade venceu entre as mulheres, a outra ganhou entre os homens. O naipe feminino foi disputado por 11 duplas, já o masculino contou com 28. O título do Dom Joaquim foi conquistado pelas atletas Evelin Silva e Natália Tamazia. O segundo lugar acabou com Bernardete Martins e Marlene Schmitz, mãe e filha do Águas Claras, seguido por Adrieli e Luiza Fusão, moradoras do Limeira. Já o São Pedro ganhou a primeira colocação com Marcos Kohler e Ederson Imhof. Danilo Souza e Adenilson Maister, do Volta Grande, ficaram com a segunda posição, à frente de Volnei Montibeller e Jean Pirola do São Luiz. (Veja na tabela a classificação final da competição) Futsal livre Mais duas equipes se classificaram na disputa do futsal livre. Na chave D, o Águas Claras passou em primeiro com 6 pontos após WO sobre o Planalto. O segundo colocado do grupo foi o Nova Brasília, que fechou com 3 pontos ao vencer o Tomaz Coelho por 3 a 2. No outro jogo da noite, válido pela chave E, o Limeira goleou o São João por 9 a 2 e avançou como primeiro do grupo. A comunidade chegou a 6 pontos, contra 3 do Cedrinho. Veja abaixo os confrontos já definidos. Futsal livre masculino – Confrontos definidos São Luiz x Azambuja Centro x Nova Brasília Águas Claras x Dom Joaquim Rio Branco x Rua Nova Trento São Pedro na liderança geral Com a finalização do truco, o São Pedro, que já havia vencido o atletismo, segue na primeira colocação da 24ª edição dos Jogos Comunitários. A comunidade chegou a 30 pontos, seguida pelo Águas Claras, segunda colocada com 19. Limeira e Dom Joaquim vem longo atrás com 15 e 13 pontos, respectivamente (veja a classificação completa abaixo). Classificação geral dos Jogos Comunitários 1º São Pedro – 30 pontos 2º Águas Claras - 19 3º Limeira - 15 4º Dom Joaquim - 13 5º Volta Grande - 8 6º Steffen - 8 7º Planalto - 6 8º São Luiz - 5 9º Maluche - 5 10º Santa Terezinha - 2 11º Santa Rita - 1

Esporte

Governo do Estado define data de lançamento dos Jogos Abertos de Santa Catarina

15 dias atrás

O secretário de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Leonel Pavan e o presidente da Fesporte, Erivaldo Nunes Caetano Júnior, o Vadinho, apresentaram ao governador Raimundo Colombo na tarde desta terça-feira, 11, a nova identidade visual dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc). Eles também trataram do lançamento dos Jasc que será dia 27 de julho, às 19h30, em Lages, na Serra Catarinense, cidade-sede da competição deste ano.  “Os Jogos Abertos estão ganhando corpo, qualidade e animação. Toda informação e ambiente que está se criando é de que nós vamos realizar um extraordinário evento. Queremos trazer de volta todo aquele ambiente que a gente já viveu como atleta e dirigente. Tenho certeza que serão os Jogos Abertos que vão ficar para a história”, disse Colombo. O lançamento será marcado pelos 100 dias para início dos jogos e pela entrega de troféus Amigo do Esporte para personalidades que incentivaram e participaram do esporte em Santa Catarina, a exemplo do jornalista Mário Motta e do ex-presidente da Fesporte, Adalir Pecos Borsatti. “Definimos que nessa data será feito o lançamento dos 100 dias dos Jogos Abertos de Santa Catarina. Fizemos uma apresentação de como vai ser a estrutura e o design do material que será usado na divulgação e toda aquela festividade, que vai dar um brilho maior ao evento. Hoje, marcamos de vez os Jogos Abertos em Lages, que é sem dúvida, a maior competição amadora do Brasil”, destacou Pavan.

Esporte
Subir