Equipe do SESI de Brusque está pré-qualificada para mundial de robótica

A equipe Tecnorob Red, do SESI em Brusque, está pré-qualificada e pode ser convidada a disputar uma das etapas do mundial de Robótica First Lego League (FLL). Os jovens catarinenses ficaram com a terceira suplência entre os times brasileiros após a disputa da etapa nacional, realizada neste final de semana, em Brasília. Os torneios mundiais serão realizados na Dinamarca, Austrália, Estados Unidos e Reino Unido.

A disputa, organizada pelo SESI Nacional, entidade do Sistema Indústria, reuniu estudantes de 9 a 16 anos, de escolas públicas e particulares, divididos em 74 equipes. A cada ano, as equipes são desafiadas a buscar soluções inovadoras para questões sociais. Na temporada 2016/2017, o desafio Animais Aliados (Animal Allies) incentiva os alunos a apresentar ideias que tornem a relação entre homens e animais amistosa para ambos.

A equipe TecnoRob Red apresentou o projeto intitulado Grupo de Apoio aos Animais Exóticos e Silvestres (GAAES), que tem o objetivo de orientar as pessoas sobre o que fazer ao encontrar um animal exótico ou silvestre.

O grupo criou um site e vai fazer uma campanha explicando quais procedimentos devem ser tomados nessas situações. De acordo com a pesquisa, muitos animais silvestres estão indo para os centros urbanos em busca de proteção e alimentos. A intenção é conscientizar a população sobre os procedimentos corretos.

A Tecnorob Red foi composta pelos estudantes Ana Carolina Nuss, Ana Carolina Uhlmann, Arthur Felipe Carminati, Thiago Day, Marcelo Chagas Azambuja e João Guilherme Comandolli Jordão. Na etapa nacional, Santa Catarina foi representada ainda por outra equipe, também do SESI em Brusque, e denominada Tecnorob Green. Os dois grupos foram treinados pelos professores Thiago Bortoluzzi Pinto e Gianne Moritz Duarte.

"Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte."



Antes de comentar leia os


Ninguém acertou as seis dezenas da Mega Sena

217 dias atrás

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 1.913 da Mega-Sena, realizado na noite deste sábado (18), e o prêmio está acumulado, podendo chegar a R$ 2,7 milhões no próximo concurso. As dezenas sorteadas: 04 – 14 – 17 – 43 – 52 – 56. A quina teve 43 apostas ganhadoras e cada uma vai levar R$ 35.274,91. Outras 2.960 apostas acertaram a quadra e vão ganhar R$ 732,05 cada uma.  

Geral

Profissionais de educação física recebem treinamento de hidroginástica

217 dias atrás

Na sexta-feira (17) e no sábado (18), diversos profissionais de educação física da região e de cidades como Blumenau e Joinville estiveram reunidos em Brusque para participar do curso de hidroginástica com a professora Roxana Brasil, considerada uma das melhores instrutoras do país e com atuação internacional. O evento foi promovido pelo Núcleo de Academias da Associação Empresarial de Brusque (Acibr) e realizado na Academia Extreme, na unidade da rua Bulcão Viana. O objetivo da capacitação foi contribuir para uma formação mais sólida e eficiente dos profissionais que atuam na área. “Com certeza foi um curso muito válido. A professora Roxana é uma referência na área de hidroginástica e o Núcleo acredita que um profissional não pode ficar muito tempo sem se atualizar. E isso motiva os alunos e conquista muitos outros, já que a hidroginástica não é voltada somente para pessoas da terceira idade”, comentou na oportunidade o coordenador do Núcleo de Academias da Acibr, João Heitor Debrassi Benvenuti. Capacitar para praticar Ao todo, foram 12 horas de aulas práticas e teóricas, com diversos métodos diferentes, onde foram abordadas as melhores formas de aproveitar as características do meio aquático para aprimorar a hidroginástica; treinos combinados sem a repetição de exercícios; técnicas e planejamentos eficazes; como treinamentos generalistas podem ser adaptados; entre outros temas. Além disso, Roxana também trouxe diversas informações da área acadêmica, para que possam ser implantadas na prática. “O fitness aquático tem várias atividades e uma das vertentes é a hidroginástica e é preciso estar atento às novidades. A população brasileira está envelhecendo e treinar na água certamente irá oferecer melhor qualidade e quantidade de vida. Hoje temos pessoas com mais de 60 anos ativas,fisicamente bem mais preparadas do que muitos jovens, e todo esse olhar, essa reflexão aquática, foi o que também trouxemos para essa capacitação”, comentou a renomada professora. Quem acompanhou alguns momentos do curso também foi o médico Sebastião Alexandre I. de Lima, especializado em ortopedia e traumatologia. Para ele, é importante que as pessoas pratiquem atividades adequadas às suas condições físicas e também de acordo com a idade. “Ou seja, em determinados períodos, é necessário fazermos uma transição de algumas habilidades do nosso corpo para uma nova fase, para que possamos conviver da melhor forma com ele em uma nova idade. Às vezes, entretanto algumas pessoas insistem em manter a mesma atividade física, quando o corpo já mudou. E se respeitamos essa transição, os resultados serão muito melhores”, comentou. Segundo Lima, a prática da hidroginástica traz inúmeros benefícios quando realizada de forma adequada, em especial quando há desgastes articulares. “Isso é algo que acontece naturalmente. Se respeitarmos esse processo e realizarmos atividades físicas como hidroginástica ou natação, todo o atrito e pressão dentro da água nas articulações é cerca de sete vezes menor, e não desgasta tanto essas partes articulares na hora da atividade”, comentou. A orientação também é que antes de iniciar alguma atividade física, as pessoas busquem indicação médica, bem como profissionais qualificados para a realização das atividades, para não prejudicar a sua saúde.

Geral

Documento pede escola de soldados para Brusque

218 dias atrás

A Associação Empresarial de Brusque (Acibr) e a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) encaminharam esta semana um ofício às autoridades de Santa Catarina, pleiteando uma escola de formação de soldados para o município. As correspondências estavam endereçadas ao governador Raimundo Colombo, ao vice-governador Eduardo Pinho Moreira, ao secretário de Segurança Pública, Augusto Grubba, ao secretário de Assuntos Estratégicos/Casa Civil, César Souza, ao presidente e vice-presidente da Alesc, respectivamente, Silvio Dreveck e Aldo Schneider, aos deputados Serafim Venzon e Darci de Matos, o comandante-geral da PM/SC,coronel Paulo Henrique Hemm, e à comandante da 7ª Região da PM/SC – Blumenau, coronel Claudete Lehmkhul. “Entendemos que a nossa região é uma grande colaboradora do Estado na questão de pagamento de impostos, somos a nona economia, temos empresas de porte e uma população trabalhadora. Então acreditamos que devemos ser brindados com isso”, explica o presidente da Acibr, Halisson Habitzreuter. Segundo ele, mais do que a representatividade econômica da região, o que se deve levar em consideração também nesta escolha é a qualidade do curso que será oferecido. “O nosso Batalhão possui condições exemplares para sediar a escola de formação. Tem excelente estrutura física e orçamentária. Além disso, há a parceria da ACIBr, CDL, Unifebe, demais entidades de classe e o respaldo do poder público de Brusque, Guabiruba e Botuverá. Tudo é favorável para que a escola aconteça aqui”, enfatiza. Para o presidente da CDL, Michel Belli, mais uma vez as entidades unem esforços para contribuir com a melhora da segurança pública na cidade e região. “Em outras oportunidades estivemos em Florianópolis e Blumenau, mas não conseguimos. Recebemos 16 policiais militares e agora a nossa luta se direciona para a Escola de Soldados. Queremos contar com os nossos deputados e com as Federações para reforçar esse pedido”, destaca. De acordo com Belli, o principal objetivo de ser contemplado com a escola é a possibilidade de aumentar o efetivo. “Nós sabemos que muitos soldados optam em ficar na cidade de formação e isso é positivo. Então trabalhamos em conjunto, somando forças para melhorar o convívio comum”, ressalta. 

Geral
Subir